top of page

Ancestralidade


O que você sabe da sua Mãe? O que você sabe sobre sua avó materna, sobre sua bisa e sobre todas as que vieram antes de você?


Nós mulheres nascemos com todos os nossos futuros óvulos já formados dentro de nossos ovários, desde quando éramos ainda um feto, diferente dos homens que produzem os espermatozóides dia a dia. Os óvulos aportam além da carga genética, a informação mitocondrial que está na membrana celular (enquanto que o espermatozóide carece dela, pois nos homens essa informação fica alojada na cauda, mas no momento da fertilização, a cauda é perdida). Sendo assim, essa informação só se herda das mães (ou avós).


A avó materna é a encarregada de transferir a maior parte da carga genética e a genética pula uma geração. Segundo Alejandro Jodorowsky, a explicação é bem simples: quando uma mulher engravida de uma menina, a menina já tem formados desde antes de nascer os ovócitos de onde sairão milhares e milhares de óvulos ao longo da sua vida adulta. Esses ovócitos, por sua vez, têm grande carga genética da sua mãe, e da sua avó!


Mesmo que não cheguemos a conhecer nossa avó em vida, temos uma ligação muito forte que vai além do biológico, do DNA. Somos a combinação de nossos ancestrais, o útero adquire e recolhe memórias através da nossa linhagem feminina, pois a informação é passada de útero a útero. Cada criança traz sua mãe, e todas as mulheres que existiam antes dela, e junto com isso podemos trazer sua força, coragem, sabedoria e também padrões antigos e limitantes, sentimentos e memórias físicas e emocionais que ecoam em nossas mentes, almas e corpos.


Já se perguntou quais sentimentos e historias parte de você vivenciou junto dessas mulheres nesses processos de gestação? Você se parece com elas? O que sente que carrega além da genética? É possível encontrar algum padrão de comportamento? Sente que as historias delas ressoam em seu corpo e sua vida?

Comments


bottom of page